Últimas Novidades

Arquitetura

Cozinha à moda italiana
Foto: Mariana Boro
Arquitetura

Cozinha à moda italiana

Caffè D`Oro, ambiente de Cristiana Bez Delpizzo e Giovani Bez Delpizzo na CASACOR/Santa Catarina – Florianópolis, transporta a personalidade do bisavô paterno dos profissionais – que adorava passar horas na cozinha – para layout contemporâneo do século XXI

Foto: Mariana Boro

Um retrato encontrado do bisavô paterno trouxe à tona toda uma história de família. O desenho, pintado pelo artista Willy Zumblick, transportou os irmãos e sócios Cristiana Bez Delpizzo e Giovani Bez Delpizzo para o século XX. Mesmo sem conhecê-lo em vida, eles o cultivavam na memória. Foram muitas memórias contadas pelo avô e mesmo o pai da dupla, lá nos idos e passados anos 1900 e tantos, quando Antonio aventura-se no “il posto migliore in casa: la cucina”.

“Nosso bisavô, como um legítimo italiano, fazia da cozinha da casa o centro de toda a vida. Lugar onde adorava fazer seus pães e tomar café – sua bebida favorita. Quando olhamos para essa tela, o início de todo o projeto, veio a vontade de imaginar como seria esse mesmo local, só que no nosso século. Então trabalhamos a personalidade do nosso bisnonno atualizando a cena para o nosso tempo”, conta a arquiteta Cris Bez Delpizzo.

Foto: Mariana Boro

O layout proposto, na metragem de 50 metros quadrados, é marcado pelos tons terrosos e pitadas certeiras do dourado, cor que para a dupla representa os anos áureos da produção de café no Brasil. Daí surgiu o nome da cozinha Caffè D`Oro, anunciando também estreia do escritório na CASACOR / Santa Catarina – Florianópolis 2019.

“Fizemos um ambiente que pudesse incorporar este conceito de convivência coletiva dentro da cozinha, seja com poltronas para conversas mais reservadas próximas à estante com livros, seja numa mesa para as refeições onde se passam longas horas de papo solto. Ou mesmo, seja numa bancada incorporada à ilha, equipada com banquetas para um bate-papo entre e durante o processo de preparação dos alimentos. Temos vários ambientes em um só local, o que traduz muito bem a cozinha italiana”, explica o designer Giovani Bez Delpizzo.

Segundo os profissionais a personalidade do bisavô materializa cada centímetro e detalhes presentes no projeto. A seleção dos móveis e peças explora a tipologia dos móveis contemporâneos em cores e materiais que evidenciam a alma clássica da narrativa contada. Sem datar a composição de forma evidente.

A tela de 46x33cm do bisavô ganhou um local especial, estrategicamente, ao lado de duas poltronas. A intenção foi montar uma cena de uso diário, como se seu Antonio Delpizzo por ali sentasse todos os dias, acompanhado de um bom livro e café. O canto foi eleito pelos profissionais como “a alma do ambiente”.

Foto: Mariana Boro

A automação entra para facilitar a vida e também propor uma experiência com os visitantes da mostra. “Desenvolvemos perguntas e respostas específicas sobre a cozinha Caffè D’Oro. Como “Quem pintou o quadro da parede? Por que a cozinha se chama Caffè D’Oro? Os visitantes terão acesso a uma ficha contendo todas essas questões e poderão perguntar diretamente ao Google Home, trazendo assim mais informação, interação e conexão com o espaço”, explica a dupla. Certamente Antonio Delpizzo aprovaria a praticidade dos dias de hoje.

Layout a italiana

Um lugar que alimenta o corpo em todos os sentidos. Começando pelo preparo dos alimentos, as conversas ao redor do fogão e também os livros, dispostos em estantes. O mobiliário fixo, desenhado pelos profissionais e desenvolvido pela Bontempo Florianópolis, é a peça que converge todas as atividades no ambiente.

O móvel foi pensado de forma prática, com riqueza de detalhes. Como a parte interna em laminato Noce Autonno, um madeirado que traz calor e aconchego para o décor. As portas receberam lacca Vanilla, acabamento fosco e acetinado de toque aveludado que vai muito além de sua boa estética. O material é resistente ao risco, extremamente funcional para as demandas do local.

Os puxadores da linha Linea em dourado pontuam a ideia da dupla de trabalhar – nas sutilezas – o contexto histórico que viveu o bisavô. Os tempos de ouro do café. Na biblioteca o acabamento em laccato Lucido Dorato une a sofisticação do metalizado com o luxo do alto brilho, apresentando alta resistência ao risco devido à tecnologia aplicada em sua fabricação. Os acessórios internos das gavetas, da linha Organizzare Legno, são produzidos em madeira freijó extraída de florestas de manejo sustentável. O material passou por tratamento antimicrobiano, inibindo a proliferação de bactérias na madeira.

Veja a galeria de fotos do projeto Caffè D`Oro:

1/12
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro
Foto: Mariana Boro

Publicações Relacionadas