Últimas Novidades

Conteúdo exclusivo em vídeo

Conteúdo exclusivo em vídeo

Entrevista com TETO Arquitetura

“A única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que você faz. Se você ainda não encontrou, continue procurando. Não se acomode”. A frase inspiradora é de Steve Jobs, fundador da Apple, cujo pensamento pode ser atribuído à vida profissional dos arquitetos Maick Rocha e Franciano Valente, revelando a paixão que ambos têm em criar projetos de excelência.

Para Maick, a parte mais gratificante da profissão é a paixão pelo trabalho que executam. O arquiteto enxerga as funções do dia a dia não como obrigação, mas como algo natural e saudável. “A gente respira arquitetura o tempo inteiro, e isso é fantástico”. Com tamanha disposição e inspiração, o resultado não poderia ser outro: projetos ousados e criativos, com estilo contemporâneo e moderno em linhas retas – onde a mescla da textura dos materiais como madeira, pedra e estruturas metálicas tornam cada ambiente único. Características essas, que somadas, refletem em criações arquitetônicas e de interiores exclusivas.

Essa conexão entre a dupla começou ainda na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), onde eles cursaram Arquitetura e Urbanismo. Com identidades muito fortes e marcantes, a dupla, que pensa e age de maneira distinta, tinha algo em comum na infância: a história de amor pela profissão. “O nosso gosto pela área surgiu através dos brinquedos, dos jogos e na curiosidade em olhar as construções de uma maneira diferente”, contaFranciano, que depois de formado adquiriu experiências em outros escritórios e iniciou carreira solo em 2015, criando a Teto Arquitetura. O desejo era levar uma identidade única aos clientes através de cada trabalho, algo realizado em parceria com Maick e suas experiências no ramo moveleiro e comercial. “Somos uma família. Nosso escritório é onde moramos, não conseguimos e nem queremos separar trabalho e lazer”, destaca Franciano.

A escolha pelo nome Teto revela essa paixão. Após algumas pesquisas, a ideia era ter uma palavra pura e simples, que resumisse a sensação de ter um ninho, um lar e um aconchego. Tanto é verdade que o local de trabalho conta com um integrante especial para o dia a dia ficar ainda mais leve. O nome dele é Astor, um cachorro da raça Boiadeiro de Berna, adotado pelos arquitetos em Porto Alegre ainda filhote. O pet leva alegria e às vezes até dá uma apaziguada se necessário nas horas de estresse. “Ele chegou e tudo mudou para melhor”, lembra Maick, provando que a Teto Arquitetura é mais do que um escritório. É um lar.

Publicações Relacionadas