Últimas Novidades

22 ago 2019

Projetos

Pura Arte
Fotos: Ronald Pimentel
Projetos

Pura Arte

Com atmosfera descolada e aconchegante, este apartamento esbanja sofisticação com peças assinadas por designers brasileiros e composição que une referências de diferentes estilos. Para a arquiteta Graziele de Souza, é normal ser chamada por antigos clientes para novas empreitadas. No caso dos proprietários deste apartamento em Florianópolis, ela não esperava que o pedido fosse para criar algo totalmente diferente do local onde moram em Tubarão. O imóvel da capital do estado funciona como um apoio, já que seus donos viajam bastante. “Saiu de cena o clássico do endereço principal e entrou aqui um conceito descontraído e descolado”, diz Grazi.

Fotos: Ronald Pimentel
Fotos: Ronald Pimentel

A proposta era desenvolver o projeto com uma pegada ousada e diferente. Assim, cada ambiente traz suas características próprias e o conjunto se completa. O lar então ganhou uma pegada arrojada e aconchegante. A liberdade para o  uso de peças diferenciadas, como a tela de Thiago Valdi, as cadeiras e banquetas de Jader Almeida, tornaram os espaços repletos de personalidade.

 

 

No living, destaque para o móvel do buffet, criado por Grazi com aspecto propositalmente envelhecido, o que lhe confere uma atmosfera urbana. O tapete geométrico faz uma bela composição com a tela desenvolvida por Thiago Valdi. A obra tem cores escolhidas a dedo para complementar a harmonia da área social. O sofá com revestimento em jeans ganhou um ar descolado e funcional.

 

“Uma das suítes mais descoladas que já projetamos”. É assim que a arquiteta define o décor do quarto do casal. O uso do tijolo com quadros aplicados trouxe a atmosfera descontraída. Destaque para o armário, com sua elegante transparência e uso de madeira na parte interna. Com os vidros translúcidos, integra-se ainda mais com o espaço. Os criados-mudos possuem composições diferentes, demarcando as personalidades dos moradores e movimentam a composição.

 

Quarto de criança tem que ser divertido. E assim foi feito. Com dois filhos em idade inferior a três anos, foi concebido um projeto para que os dois pudessem estar juntos. Eles se divertem com o beliche em formato de casinha, que se tornou um espaço de muitas brincadeiras. Em suma, é um dormitório que explora bem as cores, e transmite essa energia infantil. Os detalhes geométricos do móvel, o corrimão da escada, a escrivaninha e penteadeira foram detalhes importantes nessa composição pueril.

Publicações Relacionadas