A suavidade no metal

Obra possui acabamento com pintura eletrostática

A escultura PL 61, criada por Fabian Rodrigues – artista plástico autodidata há 10 anos e especializado na criação de esculturas em metal para parede – apresenta impressionante nível de delicadeza com uma matéria-prima rígida e de difícil manuseio. Inspirada em algas e criaturas marinhas, a obra representa toda a habilidade do artista com metal.

Inteiramente criada com equipamento de corte plasma, a escultura possui superfície rica em detalhes, que se assemelham a uma renda, e bordas escavadas. Seu interior é formado por vários pedaços que foram recortados, torcidos e soldados numa posição ligeiramente diferente, o que imprimiu volume e movimento. Esses procedimentos acrescentaram tamanha suavidade quanto à de um tecido. O acabamento foi feito em pintura eletrostática, com base marrom óxido e tinta bronze, já que essa alternativa evita que a peça enferruje.