Contemporâneo de corpo e alma

Linhas retas, acabamentos de alto nível e cores sóbrias – porém marcantes – fazem deste apartamento um símbolo de versatilidade, aconchego e bom gosto.

As arquitetas Catherine e Jacqueline Werlich, de Florianópolis, compuseram os interiores deste apartamento em Biguaçu como uma obra de arte criada sobre uma tela já começada. Afinal, os proprietários não desejavam substituir diversos acabamentos já existentes nos espaços. Assim, todo o layout foi mantido, bem como os revestimentos – o que inclui louças, metais, rodapés e guarnições. “Apenas escondemos com mobiliário os azulejos da cozinha, e colocamos uma pastilha mais moderna sobre o rodabanca em cima do azulejo”, complementa Jacqueline.

Essas questões não se tornaram empecilho para as profissionais. Pelo contrário; foram a base de uma proposta contemporânea e personalizada para os proprietários. “Tudo foi construído a partir de fotos de referências que eles nos trouxeram. Captamos então a essência do conceito que buscavam”, detalha Catherine, que concebeu o projeto luminotécnico, gesso, pintura e todo o mobiliário junto com a sócia.

Logo na primeira reunião, surgiu a ideia de deixar um dos três quartos para ser usado como closet e dormitório de hóspedes. Essa decisão enriqueceu o projeto, já que se tratava de um ambiente que ficaria ocioso se existisse apenas para receber. Na área social, vários elementos nobres ganharam destaque, a exemplo da pedra da lareira e do bar. Entram nessa lista também a cristaleira, o painel do hall e um quadro da artista plástica Rose Werlich criado especialmente para este imóvel – o que deu um toque de autenticidade ao lar.

Projeto: Catherine e Jacqueline Werlich ::: Fotos: Ronald T. Pimentel