Últimas Novidades

22 set 2020

DECORAÇÃO

Arte urbana
(Foto: Mariana Boro/divulgação)
DECORAÇÃO

Arte urbana

Invadindo os espaços residenciais e comerciais com composições expressivas e surpreendentes, o grafite se torna protagonista em projetos inovadores. Desde a sua criação nos espaços urbanos na década de 1970, a arte imprime identidade em estéticas singulares.

(Foto: Mariana Boro/divulgação)

Arte é expressão que imprime olhares, sensações e emoções. É ligada a épocas, artistas, pensamentos, estilos e, na decoração, cria ritmo, diálogo e imprime personalidade aos ambientes. Entre as suas diversas manifestações, a street art, conhecida pelas intervenções urbanas, está roubando a cena em projetos arquitetônicos e de decoração. Migrando das ruas para os interiores, o grafite traz o toque descolado dos espaços públicos, com seus desenhos únicos em cores vivas e imponentes – em traços e proporções harmônicas – para o lar.

Trabalho em conjunto e a liberdade de criação definem o projeto que tem como elemento-chave da decoração o grafite do artista Driin. (Foto: Mariana Boro/divulgação)

Modernos e ousados, reunimos três ambientes com projetos que apostam na beleza marcante dos grafites. Inspirações delineadas por interações preciosas, conferindo estéticas e experiências únicas – como só a arte é capaz de fazer.

URBANIDADE NO CORPORATIVO

A interação fluida entre os ambientes internos com o externo marca este projeto. O hall de entrada do Square Corporate em Florianópolis reúne um complexo multiuso inspirador, com uma arquitetura sofisticada, inovadora e viva. “Obviamente existe um projeto, uma diretriz e uma curadoria, mas com certeza os ambientes mais interessantes são os que possuem decisões de decoração e ambientação sentidas in loco”, revela o arquiteto Bernardo Bahia, que assina o projeto em parceria com a arquiteta Marina Blasi Bahia, do escritório Blasi Bahia Arquitetos Associados.

(Foto: Rudi Razador/Revista SuaCASA)

Em uma proposta que traduz a sensação de urbanidade, como uma extensão do ambiente externo com vegetação e mobiliário, a parede recebeu um elemento pulsante: o grafite do artista Thiago Valdí. Com traços estéticos vivos e alegres, muitas cores e luzes transmitem um ar descolado e jovem ao empreendimento. “A utilização de arte nas criações e projetos reforça a personalidade dos espaços, seja em uma sala de casa ou em um local urbano. É importante que elas emocionem de alguma forma as pessoas e contem uma história”, explica o profissional.

Criado pelo artista Thiago Valdí, o grafite na parede do Square Corporate confere estilo ao projeto, quebrando a hegemonia do espaço formal. (Foto: Rudi Razador/Revista SuaCASA)

Thiago recebeu a missão de criar uma arte que remetesse às características da capital do estado, associando elementos gráficos de outra sede da empresa que fica nos EUA, sem perder sua identidade. Em tons degradê de rosa e laranja com verde turquesa e azul claro, o artista fez um retrato feminino que produz sensações de beleza e surrealismo. A estética urbana e moderna é o resultado de uma costura com materiais estruturais: “Eu fiz questão de deixar aparente os blocos de cimento da construção, criando uma estilo ainda mais industrial”, revela Thiago.

EXPRESSIVIDADE

O loft projetado pelos arquitetos Antonio Medeiros e Roberta Feijó, do StudioVert Arquitetura, é marcado por um ar cosmopolita inspirado na cidade de Nova York. Elementos industriais, toque rústico, acabamentos brutos, paleta de cores rica e referências artísticas definem o décor deste ambiente, que contou com a arte do artista Driin.

(Foto: Mariana Boro/divulgação)

Entre as inspirações, que ressignificaram o ambiente, há uma ligação com a espiritualidade. “Luz, amor e vida são palavras-chave para essa produção”, conta Driin.

PURA INSPIRAÇÃO

Conforto e criatividade definem este quarto, que reúne espaços para relaxamento, estudos e descanso. O projeto dos arquitetos Alexandre Müller e Marcelo Wolschick, do Haus Arquitetos, traz o grafite como o elemento de impacto do ambiente.

(Foto: Mariana Boro/divulgação)
(Foto: Mariana Boro/divulgação)
(Foto: Mariana Boro/divulgação)
(Foto: Mariana Boro/divulgação)
(Foto: Mariana Boro/divulgação)
(Foto: Mariana Boro/divulgação)

Foi um trabalho colaborativo entre a equipe do escritório com o grafiteiro Gabriel San, que possui linha de desenhos baseada em animais: “Uma troca de ideias em busca de um animal que não existe no nosso universo que deu luz à arte”, conta Alexandre.

Publicações Relacionadas