Últimas Novidades

10 ago 2020

ENTREVISTA

ENTREVISTA

Em nome da pluralidade: entrevista com Ederson Valério

A obra de um arquiteto é o resultado do seu repertório. Para Ederson Valério, isso significa uma compilação de referências, viagens e pesquisas constantes. Somadas ao seu talento, ensejam ao profissional uma atuação que é sinônimo de dinamismo. Atualmente, com o reconhecimento conquistado em 25 anos de carreira, Ederson lembra que, desde pequeno, já sentia despertar a curiosidade e as habilidades inerentes à profissão: ”Eu sempre quis saber como funcionam as coisas e os espaços. Construir os sonhos das pessoas é a parte que mais me fascina na arquitetura”.

O profissional é natural de Tubarão, mas considera Florianópolis, cidade onde vive há 40 anos, o seu lar. Logo após formar-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, o arquiteto trabalhou em uma construtora na capital, experiência fundamental para a abertura do próprio escritório, assim como a formação em Administração e a especialização em Engenharia de Segurança, que mostram sua contínua busca por aprimoramento. Hoje, atua ao lado da arquiteta Angela Pogere na elaboração de projetos residenciais, comerciais e corporativos na região da Grande Florianópolis e em São Paulo.

Com a mente curiosa e habilidade para desenhar desde a infância, Ederson construiu um portfólio que é prova do seu ecletismo: já assinou projetos para cafeterias, empresas de tecnologia, salões de beleza e suítes de motel – propostas com características únicas, sempre executadas com o perfil dos clientes e uma mescla de diferentes estilos. “Para escritórios, desenvolvemos um conceito que estimula a criatividade, no qual os colaboradores se divirtam enquanto trabalham. Nas suítes, criamos uma extensão da casa que valoriza a intimidade e estimula a permanência”, revela.

Inspiração na natureza

Em seus projetos, Ederson explora elementos que levam a beleza da natureza para o interior com sofisticação e personalidade. Seja em composições que evidenciem a paisagem e a luz natural com grandes aberturas, seja em detalhes dos adornos, os tons da vegetação estão presentes nas suas propostas de maneira sustentável: “A natureza humaniza o projeto. Unimos essa inspiração com os gostos dos clientes e o resultado é sempre incrível”.

Esse desejo pela conexão com o meio ambiente vem da paixão do arquiteto pelo ar livre: quando não está em obras, Ederson gosta de se aventurar em trilhas e viagens a regiões paradisíacas do Brasil, como a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, e a Chapada Diamantina, na Bahia. Apesar da pluralidade de aptidões e gostos, é na arquitetura que ele se encontra: “Eu cheguei a cogitar outros caminhos, mas sempre volto para a arquitetura. É o meu lugar”.

Publicações Relacionadas