Últimas Novidades

03 dez 2020

DESIGN

DESIGN

Garimpo Aquário

Arquitetos e designers têm nas mãos o poder de compor ambientes que serão pano de fundo da vida dos clientes, presentes em cada episódio. Nessa história, o mobiliário é protagonista.

Transformar é modificar aquilo que já não serve mais – uma tarefa cotidiana no ofício de arquitetos e designers que criam todo tipo de projeto. As fontes de inspiração, os estilos e as tendências moldam os gostos dos clientes e também o perfil dos profissionais. Assim, cria-se uma identidade a partir do repertório construído ao longo do tempo, fazendo com que pessoas que se identificam com a estética procurem o escritório.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Esse poder de transformação em conjunto passa por várias etapas – começando pelas estruturas, layout, paleta de cores, materiais até chegar na tão esperada escolha do mobiliário e dos objetos de decoração, que ditam as regras de convivência, seja em residências, seja em projetos comerciais. Assim como a construção do estilo do escritório, os profissionais desenvolvem, ao longo dos anos, o processo criativo – algo vivo que sempre pode ser aprimorado.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

A arquiteta Fabricia Cortina e os sócios do escritório Casa Sobrado, o arquiteto Michel Hüning e o designer de interiores Jean Lorenzett garimparam peças de design na Aquário Ambientes, em Chapecó, e mostraram um pouco dos seus processos de escolha e criação. A elegância e a atemporalidade guiaram os profissionais na definição dos produtos, assim como a capacidade de cada móvel e objeto decorativo de transformar os espaços. Assim, surgiram composições sofisticadas, que mesclam diferentes referências e estéticas – sempre com a autenticidade e o bom gosto que estão presentes nas assinaturas dos profissionais.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Cores, texturas e formas do estilo contemporâneo são marcantes nas escolhas da dupla que comanda o escritório Casa Sobrado. Para deixar a composição com jeito de casa, incluíram um arranjo de flores posicionado na mesa Cona, ao lado do imponente sofá Immenso. “Como é característico do escritório ter projetos mais claros com elementos naturais, optamos por essas peças”, explicam.

ATEMPORAL

A transformação é necessária em diversos contextos. Inclusive, para manter-se em movimento. Mas, ao criar um ambiente, é importante pensá-lo para vencer as barreiras do tempo – a tão almejada atemporalidade. As peças escolhidas pelo duo expressam isso: são itens que encaixam-se com requinte em propostas de diferentes estilos, como a poltrona Doha, com estrutura dourada e estofado em linho natural preto, e a poltrona Régis.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

CONTRASTES

Equilíbrio é a palavra-chave na hora de combinar móveis soltos. Para compor este living, Michel e Jean optaram pela mesa de centro Tao – com sobreposição em metal e vidro –, o pufe retrô e o charmoso banco Iron. Os contrastes entre tons claros e escuros marcam a harmonia da proposta. “Preto e branco dialogam. São tons que, na medida certa, não tem erro”, acreditam.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

O sofá Pucon Century foi o protagonista do primeiro ambiente elaborado por Fabricia. Em contraste com a parede em um tom de verde cheio de vivacidade, a peça tem seus contornos evidenciados, exibindo todo o conforto proporcionado pelo modelo. “Para selecionar as peças do garimpo, busquei elementos que se conectam com o que eu acredito dentro da arquitetura, que é transformar os ambientes em espaços para viver”, conta.

CONFORTO EM PRIMEIRO LUGAR

Beleza é fundamental na composição de ambientes, mas encontrar peças que tenham apelo estético e, ao mesmo tempo, sejam funcionais e gostosas para desfrutar é o segredo para um décor diferenciado. As poltronas Moeda e Revive, eleitas pela arquiteta, são expoentes desse combinação perfeita entre conforto e charme.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

O toque desempenha um papel importante na multissensorialidade. Por isso, Fabricia optou por tecidos naturais, como couro e linho. Além de clássicos, são duráveis e agregam sofisticação ao décor. A cadeira Tork e a mesa de jantar Leather Edition Ville Art arrematam a última composição da arquiteta, com cores neutras e extremo conforto.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Publicações Relacionadas