Últimas Novidades

19 set 2020

DESIGN

DESIGN

Garimpo Casa Mais

A escolha dos móveis e objetos decorativos é um dos passos mais importantes de um projeto. São esses elementos que ditam as regras de como habitar. O arquiteto Tufi Mousse e os sócios e arquitetos Eduarda Zucki e Giovanni Bellincanta mostram seus preferidos na Casa Mais Interiores.

A criação de um projeto surge de um sonho. A partir daí, passa por diversas etapas: desenvolvimento de ideias, execução até chegar na tão sonhada entrega. São reuniões com clientes, fornecedores e equipe sobre briefing e acompanhamento, além de visitas a obras – um processo complexo que exige dedicação e sintonia com todos os envolvidos. Um dos momentos mais empolgantes e importantes é a escolha dos móveis e dos objetos decorativos: a alma dos projetos.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

A posição de cada peça influencia no modo como os ambientes são habitados. Em uma sala de jantar, por exemplo, a composição da mesa e das cadeiras molda a forma como as refeições são feitas. Além da questão funcional, o design, os materiais e o tamanho de cada móvel ditam a relação dos moradores com os espaços. Afinal, conforto, beleza e estilo dependem dessas características.
Por isso, é imensa a responsabilidade dos profissionais que têm esse poder de escolha nas mãos. São eles que traduzem os desejos dos clientes que, muitas vezes, trazem referências que precisam ser interpretadas para contextos específicos com a expertise que só quem atua nas áreas de arquitetura, design e decoração possui.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

O arquiteto Tufi Mousse e os sócios e arquitetos Eduarda Zucki e Giovanni Bellincanta toparam o desafio de criar composições na Casa Mais Interiores e mostrar um pouco dos seus processos criativos na concepção de projetos – sempre marcados por uma aura elegante e autêntica por meio de peças escolhidas a dedo.

O arquiteto Tufi Mousse criou ao longo das décadas de carreira um portfólio marcado pela atemporalidade – uma característica refletida nas peças que compõem suas propostas. “Trazemos o gosto e estilo do cliente de uma forma viável e duradoura dentro da estética que apresentamos. Tanto os projetos mais clássicos, assim como os mais minimalistas, apresentam esse traço”, diz. A cadeira Play e a banqueta Ale, assinadas por Marcelo Ligieri, mostram a faceta da assinatura que vence os limites do tempo.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

 

Essência em cada detalhe

O mobiliário e a decoração de um projeto fazem parte do pano de fundo das histórias que serão vividas. Por isso, cada peça deve ser pensada tanto individualmente quanto coletivamente, harmonizando com a composição. Não é sobre quantidade, mas, sim, qualidade de cada item, sempre pensando no que o móvel ou objeto decorativo tem a oferecer. No garimpo, as mesas Cone e Guaraí foram eleitas pelo arquiteto.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

A atemporalidade guiou as escolhas do arquiteto Tufi Mousse. “Busquei uma linguagem de movelaria que remete ao modernismo, com linhas leves e bem traçadas, como as de Jean Prouvé, Pierre Jeanneret e Charllote Perriand, grandes ícones”, conta. O destaque fica para a cadeira Nave, em alumínio e corda náutica, belíssima e de extremo conforto.

 

Diferentes ocasiões

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Os arquitetos Eduarda Zucki e Giovanni Bellincanta exploraram a versatilidade nas suas composições. Feita de tricô, a poltrona Moon pode ser usada tanto em ambientes externos quanto internos. Essa flexibilidade pode ser útil no cotidiano, pois permite que os moradores explorem a peça em diferentes momentos – nesse caso, até mesmo em dias de chuva, já que o modelo é à prova d’água.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Funcionalidade é palavra-chave na definição do mobiliário. Afinal, além das questões estéticas, o design deve contemplar a usabilidade e a qualidade dos materiais. Mas a beleza de um bom acabamento, em tons que dialoguem com a composição, texturas que estimulem a multissensorialidade na decoração e formas que valorizem os contornos – seja a leveza das curvas ou o minimalismo das retas – também são fundamentais no décor, como o aparador Ayla em lâmina em carvalho ebanizado e detalhes em latão, o sofá Lecco, assinado pelo designer Richard Daniel, e as mesinhas laterais La Palme, do designer Fabricio Roncca.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

A poltrona Moliçosa, da designer Rejane Carvalho Leite, esbanja personalidade com seus ares modernos e extremo conforto. Eleita pelos arquitetos, a charmosa peça pode ser usada na sala, no quarto ou no escritório. Os traços orgânicos permitem que o modelo torne-se protagonista do do décor de forma suave, delineando o espaço com a elegância de um bom design.

(Foto: Ronald T. Pimentel/Revista SuaCASA)

Publicações Relacionadas