Últimas Novidades

19 set 2020

DECORAÇÃO

O inverno e seus encantos
DECORAÇÃO

O inverno e seus encantos

“Um dia frio e um bom lugar para ler um livro…”, já dizia Djavan em uma de suas composições que embalam até hoje momentos de reflexão e relaxamento.

O projeto deste quarto, elaborado pelos arquitetos Lia Herrmann e Mateus Spricigo, é um convite ao descanso. No décor a manta Trama, feita a mão, é uma das protagonistas. (Foto: Fernando Navarro/divulgação)

Com os pés entrelaçados e a calma de uma noite tranquila e aconchegante, parece que nada lá de fora importa, além da sensação do calor humano que prevalece naquele momento. Aconchego esse provocado principalmente pela atmosfera acolhedora proporcionada pela decoração que envolve os ambientes. Nessas horas, a escolha dos materiais a partir de tons e texturas é o ponto inicial para elaborar o décor que essa estação exige. Momento do ano em que o ar condicionado é substituído pela charmosa lareira, o aquecedor vira peça-chave no espaço – unindo o útil ao agradável. Outra opção é o piso aquecido, sistema que possui regulagem para o controle da temperatura do ambiente, transformando a superfície da residência em um grande painel emissor de calor que proporciona conforto dos pés à cabeça.

Inspirada no movimento art déco, popular nas décadas de 1920 e 1930, a manta Nostalgia tem como aposta uma mistura neomoderna, a paleta de cores alude aos anos 1970, com tons de verde-musgo e terracota.

Supere as expectativas de manter o décor quentinho com as mantas Alpacas e  Cashmere ambas produzidas com pelos de espessura finíssima, que são envolvidas nas poltronas e sofás de forma a aquecer o ambiente. Seguindo a mesma linha, a manta Trama, feita a mão, super em alta dentro da estética contemporânea, é uma peça insubstituível nos quartos e sala de estar.

Foto: Pinterest/divulgação

Mas do que nunca o cesto vem sendo o protagonista nas decorações, e no inverno, além de levar um clima colhedor ao décor, as peças abrigam as mantas e os cobertores. Uma forma super charmosa de deixar os convidados mais à vontade.

O projeto deste quarto, elaborado pelos arquitetos Lia Herrmann e Mateus Spricigo, é um convite ao descanso. No décor a manta Trama, feita a mão, é um das protagonistas. Foto: Fernando Navarro/divulgação

No entanto, pensando apenas na decoração, as mantas em linho e algodão são as coringas da estação, escolhidas para compor a cama em meio às belas almofadas de veludo e tricô, que fecham a ideia de um quarto sofisticado e gostoso de se estar.

A sensação agradável de aquecer-se em frente à lareira em uma noite fria é um dos prazeres do inverno. Este ambiente conta com um modelo rústico e atemporal – a lareira a lenha insertável e com dupla combustão, fornecida pela Ventum Casa e Ventilação, é um clássico das casas de campo. Peça tradicional que não deve ficar restrita ao interior: em ambientes urbanos, ela  proporciona uma atmosfera campestre e convidativa.

Ecológicas e minimalistas, as lareiras nas versões portáteis passeiam pelos ambientes, levando aconchego e conforto de forma única.

Seguindo a premissa de um consumo consciente e em sintonia com o meio ambiente, a escolha por uma lareira ecológica, que não cause impacto ambiental, é o caminho a seguir. As lareiras a etanol, por exemplo, não utilizam lenha, não emitem cheiro nem fumaça e não precisam de manutenção nos componentes internos, já que dispensam o uso da madeira usando um combustível renovável.

Projeto: Le Chateau Studio Design. Foto: Claus W./divulgação

Do mesmo modo, para quem gosta desse clima com temperaturas mais amenas, a paleta de cores frias intensifica a sensação gelada. Os tons mais indicados são o cinza e o azul – elas criam uma atmosfera invernal e envolvente. Detalhes metálicos ajudam a refinar o visual e até dar um toque escandinavo. Entretanto, a sensação de “quentinho” vem através da paleta de cores quentes escolhidas para compor os espaços: nuances mais terrosas, como o fendi, café com leite e o bordô são as protagonistas deste ano. Essas são as tonalidades que tornam as áreas internas e externas mais agradáveis, fazendo os moradores se sentirem abraçados pelo clima que os cerca. Afinal, a casa é o refúgio de todos no inverno, para ler bons livros, abrir um vinho, assistir a filmes e receber amigos e familiares – todos envolvidos com o requinte de um lar aconchegante.

Neste espaço da leitura, assinado pela arquiteta Graziele de Souza, o chesterfield em veludo vermelho e as poltronas oferecem aconchego em meio às decorações afetivas. Foto: Ronald T. Pimentel

O tradicional e elegante veludo, que não sai de moda, está presente nas poltronas, sofás, cadeiras, mantas e almofadas, um dos tecidos mais desejados – não só na casa, mas também nos looks, oferecendo um toque de glamour e afeto ao décor. Os tapetes que também podem ser em veludo, além de recepcionar com requinte, dispõem um conforto térmico aos ambientes através de modelos variados – dos mais grossos aos felpudos. Quanto ao quesito cores, escolha os que possuem tons mais fechados: eles são a cara e a sensação do inverno. 

Projeto: Le Chateau Studio Design. Foto: Claus W./divulgação

Um ambiente acolhedor e convidativo! Este home valoriza as linhas retas e com a paleta de cores claras. O painel em tons amadeirados confere uma aura aconchegante ao décor. E um dos destaques vai para a imponente lareira e a poltrona azul.

Publicações Relacionadas