Últimas Novidades

19 set 2020

PROJETOS

Para que o inesperado aconteça
PROJETOS

Para que o inesperado aconteça

A trinta andares do chão, o escritório concebeu os espaços de uma cobertura duplex que trazem experiências diferenciadas ao dia a dia dos moradores – tudo em meio a ambientes atemporais e surpreendentes.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Poucos segundos são suficientes para quem entrar neste apartamento e quiser captar a sua essência. Afinal, o despojamento de se ter uma rede e um balanço na sala já transmitem a personalidade da cobertura duplex. A integração do estar com o terraço, antes inexistente, os materiais acolhedores – como a madeira do piso ou da estante suspensa que faz o papel de forro da cozinha e do hall – e o sofá desenhado junto à criação da escada-arquibancada também são destaques incríveis dessa atmosfera.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Tudo foi obra do escritório Metroquadrado Arquitetura, comandado pelos arquitetos Miguel Cañas Martins, Marcos Deretti Lopes e Luis Eduardo S. Thiago, o “Daia”. Anos antes, eles conceberam um projeto comercial para os moradores, e então já conheciam seus gostos e expectativas. Tiveram total liberdade criativa para traduzir a personalidade deles e fazer do apartamento um verdadeiro lar para a família que estavam formando.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Entre as intervenções do trio, está a abertura de uma grande porta-janela entre a sala e o pátio da cobertura, relação que antes não havia. Dessa modificação resultou a escada-arquibancada que acomoda o sofá. Esse conjunto traz reflexões sobre a forma como as interferências do projeto arquitetônico impactam os interiores e a decoração. “Aí está a essência de como gostamos de ver a arquitetura: tudo está integrado e não há distinção entre as áreas”, explica Daia.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Porém, nem tudo pôde ser mexido. Entra nessa lista a escada do duplex, que é central e já estava prevista no projeto da construtora. Por isso, todo o rearranjo dos ambientes se dá ao redor dessa estrutura. “No final, deu tudo certo, e tiramos partido dela para centralizar o espaço gourmet”, complementa Miguel.

A sala de jantar integrada à ilha gourmet revela ao fundo a estante de memórias da família, desenhada pelo escritório. Em diversos ambientes, destacam-se peças de design assinados, como a poltrona Mole, de Sergio Rodrigues, emoldurada pelo piso de madeira maciça inspirado no padrão chevron.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

PONTOS-CHAVE
• Amplas aberturas enaltecem o contexto de grandiosidade e integração aplicado no projeto. Nesse sentido, a escada-arquibancada é valorizada, mostrando bem a sua atuação como acesso à área externa.
• A continuidade do estofado da sala de jantar e estar, desenhado pelo designer Jader Almeida, conecta os dois espaços por meio da volumetria da arquibancada de madeira.
• O escritório assumiu o projeto ainda na planta, porém a construção do edifício já estava em andamento. Como é uma cobertura, a obra ainda não tinha chegado a esse pavimento. Por isso, houve tempo de executar, junto à construtora, a sugestão de alteração das paredes e modificações dos espaços.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

A ilha gourmet, localizada no centro, compõe com a escada do duplex e integra a cozinha à sala de estar e jantar. O décor se encaixa em uma predileção do escritório de, em cada projeto, dedicar-se a trabalhar identidades, melhorando e ampliando as experiências vividas. “É sobre trazer para nossas vidas contribuições intensas, que modifiquem as percepções e deem sentido e propósito a tudo que fazemos”, detalha Daia. “É sobre pensar os vazios de um projeto, que oportunizam espaços para novos questionamentos e para que o inesperado aconteça”, complementa Miguel.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

O espaço aproveitado embaixo da escada no pavimento inferior virou uma cozinha íntima em frente à sala de TV, atendendo apenas à família no dia a dia, sem a necessidade de subir. A proposta decorativa segue uma linha suave e refinada, com cores delicadas pontuadas em meio aos tons amadeirados. Com as alterações executadas na planta, o escritório criou outras duas cozinhas no lar – uma de serviço e uma social-, reconfigurando também as posições de dormitórios e alguns banheiros.

DETALHANDO

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Na cozinha da área de estar, o ripado de madeira pintada e a bancada – solta do chão por meio de estrutura metálica – dão a leveza característica do projeto. Linhas refinadas e cores suaves complementam a proposta sofisticada.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Várias foram as soluções que tornam o projeto diferenciado. No acesso do hall principal com forro de madeira, por exemplo, a estrutura se transforma na estante aérea que organiza as memórias de viagens. “Otimizou o décor e trouxe funcionalidade”, diz Daia.

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Símbolo de multifuncionalidade, a escada-arquibancada desenhada pelo escritório atua também como aparador, enaltecendo peças decorativas. Além disso, dá acesso à piscina da cobertura de forma prática e fluída.

Veja outros ângulos do projeto:

Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação
Foto: Alexandre Zelinski/divulgação

Publicações Relacionadas