Últimas Novidades

02 dez 2021

Destaques

Destaques

Refúgio sublime, por Ana Wolf Arquitetura

Rochas ornamentais, iluminação solar e uma paleta de cores discreta reverberam excelência para o apartamento de veraneio em Balneário Camboriú.

Assim como nas demais artes, a arquitetura é um fragmento do repertório de seus criadores: uma combinação única de talento e técnica que faz com que cada obra seja absolutamente singular. Nesse ofício, as experiências influenciam demasiadamente nas criações. Afinal, cada projeto tem visões de mundo, desafios e propostas particulares, que se somam a outras vivências para formar os inventores dos cenários do cotidiano.  A trajetória da arquiteta Ana Wolf ilustra essa ideia. Nas três décadas que projeta residências, ela está há 18 anos trabalhando com a família de proprietários deste lar. Por isso, não é exagero dizer que há uma troca e é por isso que a casa de verão reflete tão bem a forma de morar do casal e seus três filhos.

A parede da sala de estar expressa a irreverência do Mármore Calacata Oro, com iluminação direcionada que valoriza os veios da pedra. As mesas auxiliares Trunda, de Fabricio Roncca, e a mesa Tríade, assinada pelo renomado Bruno Faucz, fazem o contraste com o aquecimento da madeira. Foto: Fábio Jr. Severo

Ao reformar o imóvel que inicialmente era fechado, mal iluminado e com pouca interação entre os espaços, a arquiteta seguiu a premissa por claridade, integração e estímulo ao descanso: criando um refúgio costurado à mão, com uma cartela de cores que permanece em todos os cantos e uma iluminação filtrada apenas por delicadas persianas para que não haja perda na paisagem. As tonalidades vão do bege ao branco e encontram nas fibras, na madeira e na palha a aliança perfeita. Em uma combinação entre sofisticação e serenidade, a atmosfera é inspirada pela paisagem do mar e pela iluminação natural abrangente.

Foto: Fábio Jr. Severo

Os principais ambientes foram integrados para uma área social dinâmica e viva, como a sala de jantar que se encontra no centro do lar — afinal, é onde todos se reúnem. Aqui, a mesa de jantar Menaggio é assinada pelo duo de arquitetos Ana Ravello e Renato Solio e é composta com as cadeiras Alpi em couro, da Saccaro.

Foto: Fábio Jr. Severo

Fortalecendo a união entre a imponência e a simplicidade, a sala de jantar conversa com os dois conceitos: enquanto os móveis soltos transmitem hospitalidade, a luminária Metrópolis Downtown de Waldir Cury Jr. possui cristais em toda a sua estrutura. Ao lado da cozinha, uma bancada extra foi projetada para auxiliar nas tarefas, enquanto a cristaleira recebeu iluminação para destacar-se no fundo branco. O balanço Ipê, assinado pelo consagrado Sergio J. Matos e as poltronas Bloom, concebidas pelo criativo Emerson Borges.

Foto: Fábio Jr. Severo

PONTOS-CHAVE

• Como um cenário para os dias de verão, Ana Wolf projetou uma parede revestida com o Mármore Calacata Oro e detalhada com prateleiras para abrigar as lembranças dos moradores — tudo na paleta de cores que contempla o branco, o dourado e outros tons semelhantes.

Foto: Fábio Jr. Severo

• As mesas auxiliares Trunda e a de centro Tríade, de Fabricio Roncca e Bruno Faucz, compõem com a decoração em estilo praiano, reverberando frescor e calmaria.

• As texturas também foram selecionadas sabiamente pela arquiteta em uma mistura de tramas aconchegantes e leves.

Foto: Fábio Jr. Severo

Entre tonalidades de cinza e a sofisticação do Dekton Entzo, a cozinha foi planejada com funcionalidade e refinamento. Os eletrodomésticos possuem tecnologia de ponta para que os moradores não percam tempo em tarefas domésticas e possam aproveitar as suas atividades de lazer.

Foto: Fábio Jr. Severo

Além disso, a movelaria fixa é assinada pelo escritório e conta com portas com ornamentos, que dão um ar clássico à composição, e puxadores metálicos.

Foto: Fábio Jr. Severo

Levando a calmaria de se estar com o pé na areia para dentro de casa, a suíte master tem o frescor inabalável das casas à beira-mar. A movelaria confortável também foi adicionada, criando um refúgio para o descanso dos moradores — como a poltrona Mistral, assinada por Bruno Faucz, e a mesa Mínima, de Emerson Borges. A cômoda contemporânea, a luminária de chão e o espelho fazem uma composição suave e funcional, contendo apenas o essencial para os dias de verão.

Foto: Fábio Jr. Severo

No banheiro, o revestimento está tanto na parede quanto no piso, personalizando o espaço da banheira.

Foto: Fábio Jr. Severo

A atmosfera serena contempla a segunda suíte, com uma cabeceira texturizada que adiciona frescor e rusticidade.

Foto: Fábio Jr. Severo

Fazendo um contraponto aos lambris nas paredes e ao mobiliário fixo, a decoração é formada por peças pontuais que tornam o ambiente aconchegante e adicionam um refinamento assertivo — como a moldura do espelho, a luminária e as cestas.

Foto: Fábio Jr. Severo

DETALHANDO

1. A monocromia é uma tendência atemporal resgatada com bom gosto por Ana por meio das texturas, dos revestimentos e até mesmo das peças de iluminação.

Foto: Fábio Jr. Severo

2. O detalhamento da movelaria assinada pelo escritório é um dos destaques, distribuído em portas almofadadas, lambris e outras estratégias encantadoras. No banheiro, os acessórios são sinônimo de elegância.

Foto: Fábio Jr. Severo

3. A vista é um dos privilégios da casa, que respira fluidez com iluminação e ventilação naturais. No gourmet, as banquetas foram resgatadas no acervo da família: as peças estão há mais de 20 anos compondo os cenários dos moradores.

Foto: Fábio Jr. Severo

Publicações Relacionadas