Últimas Novidades

20 set 2021

Destaques

Destaques

Longevidade atemporal por Roberta Zimmermann

Atemporalidade costuma ser uma das características mais requisitadas na elaboração de um projeto. No Vale do Itajaí, um apartamento que preza por isso em cada ambiente transcende os limites do tempo com uma composição versátil e refinada.

Passamos a vida inteira fazendo planos, buscando sonhos e criando expectativas, de maneira que nada saia do nosso controle – afinal, trabalhamos para isso –, mas a vida pode mudar nosso planejamento a qualquer momento, como ocorreu com o casal proprietário deste imóvel. A ideia inicial era reformar para que os pais pudessem morar no local, mas, por algum motivo maior, o destino quis que o caminho fosse traçado de uma forma diferente. O espaço, que ficou por 20 anos de portas fechadas, ganhou vida nova neste projeto moderno, assinado pelo escritório da arquiteta Roberta Zimmermann, marcado por uma composição essencialmente atemporal – pedido especial dos proprietários.

Foto: Fernando Willadino

Cada detalhe foi pensado a partir do zero: “Tínhamos uma folha em branco ao iniciar o projeto. Mesmo tendo paredes já construídas e algumas estruturas já feitas, pudemos realizar a troca de todo o layout, uma vez que o local ficou fechado por muitos anos e tudo precisava ser transformado. Isso facilitou o nosso trabalho, para que, pensando junto com os clientes, idealizássemos uma planta que melhor atenderia às necessidades deles”, conta a arquiteta.
Em 500m², a proposta reúne suítes generosas, adega requintada, escritório funcional e sala de brinquedos, no apartamento perfeito para, agora, servir de lar ao casal de empresários junto à filha de seis anos.

Foto: Fernando Willadino

Jantares permeados por muita elegância, sem dúvidas, não vão faltar no apartamento. O espaço que esbanja sofisticação brilha os olhos por cada elemento que compõe o cenário. Para a mesa, a proposta foi a de algo leve que pudesse se contrapor às cadeiras de jantar que os clientes já possuíam. O destaque do ambiente é o lustre que remete a uma escultura no meio da mesa, desenhado pelo escritório e idealizado pela escultora curitibana Janete Mehl.

Foto: Fernando Willadino

A adega é a protagonista da composição com espaços para os rótulos sofisticados que compõem o acervo da família. O jantar, por sua vez, se destaca por ser um espaço de requinte, porém prático e funcional. Um grande móvel em laca cinza, executado pela Didjurgeit, serve de esconderijo à prataria e à louçaria da casa. Também há um nicho com iluminação em mármore Calacata Gold: detalhe estratégico na composição, uma vez que pode tanto servir como um bar junto à sala, como também ser útil quando utilizado de mesa de apoio para as refeições que serão servidas.

Foto: Fernando Willadino

Imponência é palavra de ordem neste espaço do apartamento. No living, a proposta era esconder todas as portas do ambiente. A solução adotada foi revestir as as paredes com lâmina natural de Ébano de Macassar, camuflando portas da entrada, da circulação íntima, da adega, do lavabo e do local que dá acesso à cozinha. A luxuosa madeira ganha destaque e arremata o clima atemporal e sofisticado do projeto.

Foto: Fernando Willadino

Os puxadores das portas quase que invisíveis passam despercebidos pela cava na madeira e pelos detalhes em filete inox polido. No piso da entrada, o mármore gris Armani também garante a essência refinada do ambiente em perfeita sintonia com o restante da área social e externa, marcadas por cimentício da Portobello. A composição das peças decorativas teve um toque especial das arquitetas Roberta Zimmermann e Fernanda Mussi, levando requinte ao ambiente.

PONTOS-CHAVE

• O conceito central envolve sofisticação e conforto, em uma proposta na qual o espaço cumpre perfeitamente a função de convite ao relaxamento. Além disso, os clientes queriam um quarto com dimensões generosas para comportar dois banheiros.

Foto: Fernando Willadino

• Aconchego e elegância na área íntima do casal: o revestimento em Ébano de Macassar da parede onde foi instalada a TV e a lareira revestida em mármore Gris Armani mantêm este espaço sempre refinado.

Foto: Fernando Willadino

• Outros elementos representam a comodidade e a leveza da suíte principal do apartamento. O restante dos revestimentos das paredes com molduras em laca cinza e o centro dos painéis estofados com tecido garantem uma composição neutra, charmosa e com a cara do bem-estar.

Foto: Fernando Willadino

Para os banheiros funcionais do dia a dia, buscou-se utilizar tons mais claros para os revestimentos. Como cada um queria o seu próprio espaço íntimo dentro da suíte master, a estratégia foi tentar um diferencial na composição de alguns elementos. O toalete feminino é marcado por metais em dourado; já no masculino, predominam os metais e as louças em preto.

Foto: Fernando Willadino

Ao contrário de todo o restante do projeto, o quarto da filha do casal imprime referências mais clássicas. Boiseries nas paredes e algumas portas de armários com molduras dão muito charme ao cantinho de descanso e descontração da menina de seis anos. Ainda que seja um espaço de criança, cumpre o papel de ser um repartimento atemporal, podendo acomodá-la por um longo período.

Foto: Fernando Willadino

Confortável, elegante e digno de uma delicadeza pontual. A paleta em tons de rosa lavado garantem leveza e sutileza neste quarto cheio de elementos atrativos na composição. O guarda-roupa com portas de correr espelhadas cria o cômodo prático e funcional que também dispõe de área de estudos com televisão. Destaque também para as carinhosas repartições com itens de decoração.

Foto: Fernando Willadino

DETALHANDO

1. O lavabo transmite uma verdadeira imponência pela composição nobre. Todas as paredes foram revestidas em lâmina natural de macassar e a bancada em mármore Nero Marquina. O preto fosco leva charme às louças e aos metais

Foto: Fernando Willadino

2. O conceito central do projeto era um apartamento atual e contemporâneo. A utilização da lâmina de madeira natural se estendeu do living para a circulação íntima. Os painéis ripados em lâmina de madeira escondem toda a rouparia da casa e também a sala técnica da automação. O grande nicho revestido em mármore foi pensado para que os moradores pudessem alocar objetos de decoração pessoais, deixando a casa com ainda mais identidade.

Foto: Fernando Willadino

3. Versatilidade a favor da elegância. A sala de jantar ganhou um móvel generoso em laca cinza para guardar louças e outros utensílios, sem deixá-los a mostra. Além disso, uma bancada em mármore Calacata Gold se divide em bar e mesa de apoio, garantindo a funcionalidade.

Foto: Fernando Willadino

Veja outros ângulos do projeto:

Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino
Foto: Fernando Willadino

Publicações Relacionadas